ESTADOS AMERICANOS QUE PERMITEM A CANNABIS MEDICINAL CONSTATAM A DIMINUIÇÃO DE 25% NAS MORTES POR OVERDOSE COM MEDICAMENTOS PARA A DOR - Anella

ESTADOS AMERICANOS QUE PERMITEM A CANNABIS MEDICINAL CONSTATAM A DIMINUIÇÃO DE 25% NAS MORTES POR OVERDOSE COM MEDICAMENTOS PARA A DOR

ESTADOS AMERICANOS QUE PERMITEM A CANNABIS MEDICINAL CONSTATAM A DIMINUIÇÃO DE 25% NAS MORTES POR OVERDOSE COM MEDICAMENTOS PARA A DOR

ESTADOS AMERICANOS QUE PERMITEM A CANNABIS MEDICINAL CONSTATAM A DIMINUIÇÃO DE 25% NAS MORTES POR OVERDOSE COM MEDICAMENTOS PARA A DOR
  • Compartilhe esse post
  • Compartilhar no Facebook00
  • Compartilhar no Google Plus00
  • Compartilhar no Twitter
Em todo os Estados Unidos, as overdoses de medicamentos prescritos têm sido um grande problema. Mas agora, com o aumento da cannabis medicinal em muitos estados,

Em todo os Estados Unidos, as overdoses de medicamentos prescritos têm sido um grande problema. Mas agora, com o aumento da cannabis medicinal em muitos estados, o número de mortes por causa de produtos farmacêuticos vem caindo.

Nos estados onde a cannabis medicinal é legal, as mortes tiveram queda de 25%.

Essa taxa é consistente com a taxa crescente de uso de cannabis medicinal. Isso parece indicar, para a maioria, que o motivo do declínio é devido a mais e mais pessoas abandonando os analgésicos mais severos e optando pela forma de alívio da planta.

A Newsweek informa que "as mortes por overdose desses opióides farmacêuticos foram aproximadamente triplicadas desde 1991, e todos os dias 46 pessoas morrem de tais overdoses nos Estados Unidos".

Nos 13 estados que recentemente aprovaram leis que legalizam a cannabis medicinal, entre 1999 e 2010, "25% menos pessoas morrem anualmente por overdoses de opióides".

O co-autor do estudo que descobriu esses dados, comentou que "a diferença é bastante marcante".

Colleen Barry, pesquisadora de políticas de saúde da Escola de Saúde Pública Johns Hopkins Bloomberg em Baltimore, acrescentou que essa mudança tornou-se óbvia e se mostrou "rapidamente e tornando-se visível no ano após a aceitação de cannabis medicinal em cada estado".

Este estudo inovador foi publicado na edição de agosto da JAMA Internal Medicine.

No jornal, os "pesquisadores levantam a hipótese de que, nos estados onde a cannabis medicinal pode ser prescrita, os pacientes podem usa-la para tratar a dor, em vez de opiáceos prescritos, ou para complementá-los e, portanto, pode exigir uma menor dosagem que é menos provável de ocorrer um problema fatal ", de acordo com a Newsweek.

 

FONTE : https://medicalmarijuana411.com/medical-marijuana-states-see-painkiller-deaths-drop-by-25/?utm_source=newsletter101217&utm_medium=email&utm_campaign=dailydose&utm_content=readmore